quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Luta Contra ao Câncer - Solidariedade

video

O ator Reynaldo Gianecchini fala pela primeira vez em público sobre o câncer no sistema linfático que enfrenta.

Em um depoimento gravado no dia 6 de outubro para a Abrale (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia), Gianecchini conta como descobriu a doença:

"Comecei a desenvolver umas alergias. Operei de hérnia na virilha, e deu uma infeçcão. Começaram a surgir gânglios na região do pescoço. (...) Tiramos para fazer a biópsia. (...) Depois de um mês veio o diagnóstico", disse. O vídeo começa com o ator afirmando que nunca imaginou que pudesse ter um câncer.

"É um diagnóstico que vem, que te assusta. Primeiro porque a gente nunca imagina que pudesse ter isso. Segundo porque é uma doença que tem um estigma lá atrás. As pessoas nem falavam isso", afirmou.
Emocionado, Gianecchini falou do apoio que vem recebendo de amigos, da família e de fãs. "Fui recebendo um amor tão grande das pessoas. E esse amor era tão tocante, acho que fez tão parte do meu crescimento, para buscar essa minha força", disse. O ator mostra que está encarando a doença com muita força. "Acredito que isso possa ser uma dádiva para mim", afirmou dizendo que a doença uniu ainda mais a família e tem lhe ensinado a ser forte.

Além de todo o carinho recebido da família e fãs, Gianecchini diz que outra fonte de força para enfrentar o câncer é convívio com crianças que também lutam contra a doença. "Tem muita criança que tem leucemia. Quando eu vou visitar essas crianças, saio de lá tão forte. Elas têm uma postura tão bonita, um sorriso sempre estampado no rosto."

Luta Contra ao Câncer - Solidariedade

video

O hospital Sírio-Libanês informou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, 66 anos, será submetido a um processo de quimioterapia para tratamento de um tumor na laringe, região responsável pelo funcionamento das cordas vocais.

A gravação ocorreu na tarde de terça-feira (01/11/2011), pouco antes de Lula deixar o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde fez sua primeira sessão de quimioterapia

Ao lado de sua esposa, Marisa Letícia, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva agradeceu em vídeo pelo apoio dado por milhares de pessoas que lhe enviaram mensagens de solidariedade.

"Eu quero mais uma vez agradecer ao povo brasileiro, pelo carinho, pela solidariedade. O que aconteceu comigo é daquelas coisas que acontecem com todo mundo, mas a gente pensa que acontece com os outros, nunca com a gente.

Eu estou preparado, para enfrentar mais uma batalha, e acho que nós vamos conseguir, e tirar de letra, basta que a gente siga as recomendações médicas. Acho que nós vamos vencer esta batalha, não foi a primeira e não será a última batalha que eu vou enfrentar. E com a solidariedade de vocês, é muito mais tranqüilo, muito mais fácil. Eu acho que a gente precisa continuar acreditando no Brasil, botando fé neste país, será inexorável a caminhada do país para se transformar numa grande economia. Dá muita alegria de ver a qualidade do povo brasileiro e a gente fazer o que tem que ser feito. Acreditar na nossa presidenta, ajudar ela, porque assim que o Brasil vai para frente, não existe espaço para pessimismo, não existe espaço para ficar lamentando que ah! Hoje o dia não foi bom. Se o dia não foi bom, a gente fará ele ficar melhor amanhã! Com muita garra!

Prestem atenção numa coisa, sem perseverança, sem muita persistência e sem muita garra, a gente não consegue nada! E nem um ser humano pode se deixar vencer, por uma dor ou por qualquer assunto! Nós temos que lutar, afinal de contas foi por isso que ... para lutar, para melhorar a vida de todo mundo.

Então um abraço, vocês percebem que a minha voz não esta boa ainda, estou doído, para falar meus companheiros e companheiras mais forte, mas não estou podendo.
Mas de qualquer forma, eu e a Mariza, agradecemos o carinho, sabe, mas de coração pelas manifestações de vocês!"

Um beijo e até a primeira assembléia, ou primeiro comício, ou primeiro ato público!"

Campanha da Sociedade Brasileira de Cardiologia - Departamento de Hipertensão Arterial

video

Eu Sou 12 por 8

Comunidade

5.082
curtiram isso.

310
falando sobre isso.

Não deixe de acessar a pagina do FaceBook.
Esta é uma campanha da Sociedade Brasileira de Cardiologia - Departamento de Hipertensão Arterial

Estamos chegando à virada de mais um ano.

Olhando para trás, qual foi sua boa ação em 2011? Ainda não fez nada digno de nota? Então mexa-se! Leve seu pai, mãe, filho, irmão, parente, amigo, colega, marido, esposa, qualquer um para medir a pressão arterial.
Medir a pressão arterial continua sendo a maneira mais fácil, rápida e barata de se saber se carrega consigo a hipertensão. Meça-a regularmente!

Para não perder o costume, visite, leia e compartilhe o site da campanha Eu Sou 12 Por 8. http://eusou12por8.com.br/

Lá você vai encontrar tudo o que você precisa saber sobre a hipertensão, uma das doenças mais perigosas do mundo e que atormenta pelo menos 30% da população brasileira.

Faça sua parte!
Quem tem bom coração combate a hipertensão.

sábado, 10 de dezembro de 2011

Dra Lúcia - Sexóloga "um jeito fácil de aprender" Part3


Dra Lúcia - Sexóloga "um jeito fácil de aprender" Part2





Dra Lúcia - Sexóloga "um jeito fácil de aprender"





Dia Mundial Contra Aids



“Combate ao Preconceito e ao Estigma”

Transformar o 1º de dezembro em Dia Mundial de Luta Contra a Aids foi uma decisão da Assembléia Mundial de Saúde, em outubro de 1987, com apoio da Organização das Nações Unidas - ONU. A data serve para reforçar a solidariedade, a tolerância, a compaixão e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV/Aids. A escolha dessa data seguiu critérios próprios das Nações Unidas. No Brasil, a data passou a ser adotada a partir de 1988.

O preconceito e a discriminação contra as pessoas vivendo com HIV/Aids são as maiores barreiras no combate à epidemia, ao adequado apoio, à assistência e ao tratamento da Aids e ao seu diagnóstico. Os estigmas são desencadeados por motivos que incluem a falta de conhecimento, mitos e medos. Ao discutir preconceito e discriminação, o Ministério da Saúde espera aliviar o impacto da Aids no País. O principal objetivo é prevenir, reduzir e eliminar o preconceito e a discriminação associados à Aids. O Brasil já encontrou um modelo de tratamento para a Síndrome de Imunodeficiência Adquirida, que hoje é considerado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) uma referência para o mundo. Agora nós, brasileiros, precisamos encontrar uma forma de quebrarmos os preconceitos contra a doença e seus portadores e sermos mais solidários do que somos por natureza. Acabar com o preconceito e aumentar a prevenção devem se tornar hábitos diários de nossas vidas.

O que é Aids

Uma deficiência no sistema imunológico, associada com a infecção pelo vírus da imunodeficiência humana HIV – (Human Immunodeficiency Virus), provocando aumento na susceptibilidade a infecções oportunísticas e câncer.

Transmissão:

- o vírus HIV pode ser transmitido pelo sangue, sêmen, secreção vaginal, leite materno;
- relações sexuais homo ou heterossexuais, com penetração vaginal, oral ou anal, sem proteção da camisinha, transmitem a Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis e alguns tipos de hepatite;
- compartilhamento de seringas entre usuários de drogas injetáveis;
- transfusão de sangue contaminado;
- instrumentos que cortam ou furam, não esterilizados;
- da mãe infectada para o filho, durante a gravidez, o parto e a amamentação.

Tratamento:

Atualmente a terapia com os chamados “anti-retrovirais” proporciona melhoria da qualidade de vida, redução da ocorrência de infecções oportunísticas, redução da mortalidade e aumento da sobrevida dos pacientes. (Os anti-retrovirais são medicamentos que suprimem agressivamente a replicação do vírus HIV).

Fique sabendo:

A Aids não é transmitida pelo beijo, abraço, toque, compartilhando talheres, utilizando o mesmo banheiro, pela tosse ou espirro, praticando esportes, na piscina, praia e, antes de tudo, não se pega aids dando a mão ao próximo, seja ele ou não soropositivo.

Fonte: Programa Nacional de DST e Aids do Ministério da Saúde. / Secretaria de Estado da Saúde do Distrito Federal

sábado, 19 de novembro de 2011

Dia Internacional do Homem




O Dia Internacional do Homem é comemorado dia 19 novembro. O objetivo da data é chamar a atenção para os cuidados da saúde masculina.

Inaugurado em abril de 2008, o Hospital do Homem em São Paulo, é o primeiro do Brasil voltado exclusivamente à saúde masculina em São Paulo, tem capacidade para atender 6 mil consultas em ambulatório e 300 cirurgias mensais. O Hospital do Homem está instalado no prédio do Hospital Brigadeiro.

O Governo do Estado de São Paulo investiu R$ 2 milhões na compra de equipamentos de ultrassom, urologia, litotripsia (que destrói o cálculo renal através de ondas de impacto) para equipar o "Hospital do Homem".

O Hospital ocupa uma área de 1,1 mil m². A unidade reúne especialidades médicas como Andrologia, Patologias da Próstata e Urologia, além dos núcleos de alta resultabilidade (check-up) e de ensino e pesquisa.

O Departamento de Patologias da Próstata é dividido em dois setores: diagnóstico e tratamento das DST, prostatites (infecções da próstata causadas por bactérias e vírus) e prevenção do HIV e HPV; tumores (câncer e hiperplasia benigna da próstata).

Já na área de Urologia, o Centro conta com profissionais de Nefrologia (hipertensão renovascular e transplante renal), Endocrinologia, Neurologia (disfunções da vesícula, uretrais e incontinência urinária) e urologias geriátrica e plástica.

Para ser atendido no Hospital do Homem, o interessado tem de passar primeiro no clínico ou urologista, em postos de saúde municipais, para posteriormente ser encaminhado. Tanto o Estado quanto o município informam que as consultas são marcadas de acordo com as necessidades dos pacientes e que o sistema tem outros locais onde o tratamento pode ser realizado.

O principal objetivo da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem é facilitar e ampliar o acesso da população masculina às ações e aos serviços de assistência integral à saúde. A política também busca atuação nos aspectos sócio-culturais sob a perspectiva de gênero, contribuindo de modo efetivo para a redução da morbidade e da mortalidade e para a melhoria das condições de saúde dessa população, utilizando como porta de entrada a Atenção Básica e a Estratégia Saúde da Família (ESF).


Supere o preconceito

Por meio dessa iniciativa, o Governo Federal deseja que ao menos, 2,5 milhões de homens na faixa etária de 20 a 59 anos procurem o serviço de saúde ao menos uma vez por ano. Além de criar mecanismos para melhorar a assistência oferecida a essa população, a meta é promover uma mudança cultural e superar a questão do homem que só procura o sistema de saúde em caso de emergência.

Na maioria das vezes, os homens recorrem aos serviços de saúde apenas quando a doença está mais avançada. Assim, em vez de serem atendidos no posto de saúde, perto de sua casa, precisam procurar um especialista, o que gera maior custo, sofrimento físico e emocional do paciente e de sua família. A não-adesão às medidas de saúde integral por parte dos homens leva ao aumento da incidência de doenças e de mortalidade.

Aproveite agora e faça uma revisão de seus conceitos e reflita. Mesmo os homens mais jovens não devem deixar para pensar em sua saúde somente a partir dos 50 anos, com o exame do câncer de próstata. E aí, já procurou um urologista este ano?

Hospital do Homem
AV. BRIGADEIRO LUIS ANTONIO, 2.651 - JARDIM PAULISTA
São Paulo - SP
Telefones: (11) 3170.6100 - 3170.6184 - FAX: (11) 3284-8650

Campanha Doação de Órgãos Oficial 2011

video

O Ministério da Saúde lança a campanha nacional para incentivar a doação de órgãos em todo o país. Com o tema “Seja um doador de órgãos, seja um doador de vidas”, a edição deste ano procura conscientizar os brasileiros sobre a importância da doação de órgãos para transplantes.

sábado, 22 de outubro de 2011

Humildade sempre !!


A Visita de Jesus

Era uma noite iluminada... Um anjo apareceu a uma família muito rica e falou para a dona da casa:
- Estou te trazendo uma boa notícia: Esta noite o Senhor Jesus virá visitar a tua casa!

Aquela senhora ficou entusiasmada. Jamais acreditara ser possível que esse milagre acontecesse em sua casa. Tratou de preparar uma excelente ceia para receber a Jesus. Encomendou frangos, assados, conservas, saladas e vinhos importados. De repente, tocou a campainha.

Era uma mulher com roupas miseráveis, com aspecto de quem já sofrera muito...
- Senhora - disse a pobre mulher - será que não teria algum serviço para mim? Tenho fome e tenho necessidade de trabalhar.
- Ora bolas - retrucou a dona da casa. Isso são horas de vir me incomodar? Volte outro dia. Agora estou muito atarefada com uma ceia para uma visita muito importante. A pobre mulher se foi...

Pouco mais tarde, um homem, sujo de graxa, veio bater-lhe à porta.

- Senhora, falou ele, o meu caminhão quebrou bem aqui na esquina. Não teria a senhora, por acaso, um telefone para que eu pudesse me comunicar com um mecânico?

A senhora, como estava ocupadíssima em limpar as pratas, lavar os cristais e os pratos de porcelana, ficou muito irritada:
- Você pensa que minha casa é o que? Vá procurar um telefone público... Onde já se viu incomodar as pessoas dessa maneira? Por favor, cuide para não sujar a entrada da minha casa com esses pés imundos!

E a anfitriã continuou a preparar a ceia: Abriu latas de caviar, colocou a champanhe na geladeira, escolheu na adega os melhores vinhos e preparou os coquetéis. Nesse meio tempo, alguém lá fora bate palmas.

- Será que agora está chegando Jesus? - pensou ela emocionada. E com o coração batendo acelerado, foi abrir a porta. Mas se decepcionou. Era um menino de rua, todo sujo e mal vestido...

- Senhora, estou com fome. Dê-me um pouco de comida!
- Como é que eu vou te dar comida, se nós ainda não ceamos? Volta amanhã, porque esta noite estou muito atarefada... não posso te dar atenção...

Finalmente a ceia ficou pronta. Toda a família esperava, emocionada, o ilustre visitante. Entretanto, as horas iam passando e Jesus não aparecia. Cansados de tanto esperar, começaram a tomar aqueles coquetéis especiais que, pouco a pouco, já começaram a fazer efeito naqueles estômagos vazios, até que o sono fez com que se esquecessem dos frangos, assados e de todos os pratos saborosos. Na manhã seguinte, ao acordar, a senhora se viu, com grande espanto, na presença do anjo.
- Será que um anjo é capaz de mentir? gritou ela.

Eu preparei tudo esmeradamente, aguardei a noite inteira e Jesus não apareceu. Porque você fez isso comigo? Porque essa brincadeira?
- Não fui eu que menti...

Foi você que não teve olhos pra enxergar, explicou o anjo.
- Jesus esteve aqui em sua casa por três vezes: Na pessoa da mulher pobre, na pessoa do caminhoneiro e na pessoa do menino faminto, mas a senhora não foi capaz de reconhecê-lo e acolhê-lo em sua casa...

Coisa que Aprendi com a vida!!



Aprendi....que ninguém é perfeito enquanto não se apaixona.

Aprendi....que a vida é dura
mas eu sou mais que ela!!

Aprendi que...as oportunidades nunca se perdem
aquelas que desperdiças... alguém as aproveita

Aprendi que... quando te importas com rancores e amarguras a felicidade vai para outra parte.

Aprendi que... devemos sempre dar palavras boas... porque amanhã nunca se sabe
as que temos que ouvir.

Aprendi que...um sorriso é uma maneira econômica de melhorar teu aspecto.

Aprendi que... não posso escolher como me sinto... mas posso sempre fazer alguma coisa.

Aprendi que...quando o teu filho recém-nascido
segura o teu dedo na sua mão tenta prendê-lo para toda a vida

Aprendi que...todos, todos querem viver no topo da montanha... mas toda a felicidade está durante a subida.

Aprendi que... temos que aproveitar da viagem
e não apenas pensar na chegada.

Aprendi que...o melhor é dar conselhos só em duas circunstâncias... quando são pedidos e quando deles depende a vida.

Aprendi que...quanto menos tempo se desperdiça...
mais coisas posso fazer.

Você Pode !!



Você pode curtir ser quem você é, do jeito que você for, ou viver infeliz por não ser quem você gostaria. Você pode assumir a sua individualidade ou reprimir seus talentos e fantasias, tentando ser o que os outros gostariam que você fosse. Você pode produzir-se e ir se divertir, brincar, cantar e dançar, ou dizer em tom amargo que já passou da idade ou que essas coisas são fúteis e não ficam bem para pessoas sérias e bem situadas como você.

Você pode olhar com ternura e respeito para si próprio e para as outras pessoas ou com aquele olhar de censura, que poda, pune, fere e mata, sem nenhuma consideração para com os desejos, limites e dificuldades de cada um, inclusive os seus. Você pode amar e deixar-se amar de maneira incondicional, ou ficar se lamentando pela a falta de gente à sua volta.

Você pode ouvir o seu coração e viver apaixonadamente ou agir de acordo com o figurino da cabeça, tentando analisar e explicar a vida antes de vivê-la. Você pode deixar como está para ver como é que fica ou com paciência e trabalho conseguir realizar as mudanças necessárias na sua vida e no mundo à sua volta. Você pode deixar que o medo de perder paralise seus planos ou partir para a ação com o pouco que tem e muita vontade de ganhar. Você pode amaldiçoar sua sorte ou encarar a situação como uma grande oportunidade de crescimento que a Vida lhe oferece.

Você pode mentir para si mesmo, achando desculpas e culpados para todas as suas insatisfações ou encarar a verdade de que, no fim das contas, sempre você é quem decide o tipo de vida que quer levar. Você pode escolher o seu destino e, através de ações concretas caminhar firme em direção a ele, com marchas e contramarchas, avanços e retrocessos, ou continuar acreditando que ele já estava escrito nas estrelas e nada mais lhe resta a fazer senão sofrer.

Você pode viver o presente que a Vida lhe dá ou ficar preso a um passado que já acabou (portanto não há mais nada a fazer), ou a um futuro que ainda não veio (e que portanto não lhe permite fazer nada). Você pode ficar numa boa, desfrutando o máximo das coisas que você é e possui ou se acabar de tanta ansiedade e desgosto por não ser ou não possuir tudo o que você gostaria.

Você pode engajar-se no mundo, melhorando a si próprio e, por conseqüência, melhorando tudo que está à sua volta ou esperar que o mundo melhore para que então você possa melhorar. Você pode celebrar a Vida e a Energia Universal que o criou ou celebrar a morte, com medo e aterrorizado com a idéia de pecado e punição. Você pode continuar escravo da preguiça ou comprometer-se com você mesmo e tomar atitudes necessárias para concretizar o seu Plano de Vida.

Você pode aprender o que ainda não sabe ou fingir que já sabe tudo e não precisar aprender mais nada. Você pode ser feliz com a vida como ela é ou passar todo o seu tempo se lamentando pelo que ela não é. A escolha é sua e o importante é que você sempre tem escolha. Pondere bastante ao se decidir, pois é você que vai carregar sozinho e sempre o peso das escolhas que fizer.

sábado, 8 de outubro de 2011

População idosa brasileira




População idosa no Brasil cresce e diminui número de jovens, revela Censo
29/04/2011 16:01 - Portal Brasil


A população brasileira com até 25 anos de idade teve menor representatividade no total da população brasileira, em 2010, enquanto houve um aumento no número de pessoas idosas. Os dados do Censo Demográfico 2010, divulgados nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram os primeiros resultados definitivos do recenseamento geral realizado no ano passado, além de comparar os dados preliminares com os dos censos anteriores.
Segundo o IBGE, em 1991, o grupo de crianças de zero a quatro anos do sexo masculino, por exemplo, representava 5,7% da população total, enquanto o feminino representava 5,5%. Em 2000, estes percentuais caíram para 4,9% e 4,7%, chegando a 3,7% e 3,6% em 2010.
Simultaneamente, foi observado um crescimento na participação relativa da população com 65 anos ou mais, que era de 4,8% em 1991, passando a 5,9% em 2000 e chegando a 7,4% em 2010. O crescimento absoluto da população do Brasil nestes últimos dez anos se deu principalmente em função do crescimento da população adulta, com destaque também para o aumento da participação da população idosa.
Contrário a esse movimento é o que ocorre com os grupos de pessoas com menos de 20 anos, que apresentam uma diminuição absoluta no seu contingente.

Sudeste e Sul são as regiões com mais idosos

Na comparação entre regiões, o Censo mostra que a região Norte, apesar do contínuo envelhecimento observado nas duas últimas décadas, ainda apresenta uma estrutura bastante jovem, devido aos altos níveis de fecundidade no passado.
Nessa região, a população de crianças menores de 5 anos, que era de 14,3% em 1991, caiu para 12,7% em 2000, chegando a 9,8% em 2010. Já a proporção de idosos de 65 anos ou mais passou de 3,0% em 1991 e 3,6% em 2000 para 4,6% em 2010.
A região Nordeste ainda tem, igualmente, características de uma população jovem. As crianças menores de 5 anos em 1991 correspondiam a 12,8% da população; em 2000 esse valor caiu para 10,6%, chegando a 8,0% em 2010. Já a proporção de idosos passou de 5,1% em 1991 a 5,8% em 2000 e 7,2% em 2010.
Sudeste e Sul apresentam evolução semelhante da estrutura etária, mantendo-se como as duas regiões mais envelhecidas do País. As duas tinham , em 2010, 8,1% da população formada por idosos com 65 anos ou mais, enquanto a proporção de crianças menores de 5 anos era, respectivamente, de 6,5% e 6,4%.
A região Centro-Oeste apresenta uma estrutura etária e uma evolução semelhantes às do conjunto da população do Brasil. O percentual de crianças menores de 5 anos em 2010 chegou a 7,6%, valor que era de 11,5% em 1991 e 9,8% em 2000. A população de idosos teve um crescimento, passando de 3,3% em 1991, para 4,3% em 2000 e 5,8% em 2010.

Média de moradores por domicílio cai para 3,3

No Brasil, a densidade domiciliar, relação entre as pessoas moradoras nos domicílios particulares ocupados e o número de domicílios particulares ocupados, apresentou uma queda de 13,2% no último período censitário, mais acentuado que os 9,6% observados entre os Censos de 1991 e 2000, passando de 3,8, em 2000, para 3,3, em 2010. Esse comportamento persistiu tanto na área urbana quanto na área rural.
A região Norte tem a maior densidade domiciliar, enquanto a Sul apresenta a menor, sendo que a tendência de declínio é uma característica geral e está diretamente relacionada à redução da fecundidade.
Das cinco regiões, apenas a Norte apresenta média de moradores por domicílio igual a 4,0. Nas demais, esse valor já se situa entre os 3,1 da região Sul e os 3,5 do Nordeste. No contexto estadual, as médias oscilam entre 3,0, no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro, e 4,3, nos estados do Amazonas e Amapá.
O Censo 2010 visitou 67,5 milhões de domicílios em 5.565 municípios do País. As informações detalhadas do Censo também estão disponíveis para acesso rápido em uma ferramenta de consulta disponibilizada pelo instituto . O conteúdo é dividido por assunto e oferece tabelas, gráficos e materiais comparativos.

Fonte: IBGE 2011

Mens Sana et Corpore Sano




A Vai-Vai foi a 2° colocada do grupo Especial de SP. Contando na avenida com o enredo que fala sobre a importância do cuidado com o corpo. Neste enredo, mostrou carros alegóricos que retratavam doenças e vacinas, a escola pediu responsabilidade pela cura de todos os males.

Ano: 2009
Samba-Enredo: Mens Sana et Corpore Sano - O Mlênio da Superação
Compositores: Zé Carlinhos / Nayo Denay / Vagner Almeida / Danilo Alves
Intérprete: Carlos Junior

MAIS UMA VEZ ESTOU FELIZ DA VIDA
QUE ME PERDOEM AS CO-IRMÃS
DE CORPO, ALMA E MENTE PURA
SOU DA SARACURA
TREZE VEZES CAMPEÃ

VAI MEU SAMBA TIRANDO ONDA, ''VAI-VAI'' VAI MOSTRAR
A HISTÓRIA DA SAÚDE MUNDIAL,
ACORDA MEU BRASIL
A COISA POR AQUI JÁ VAI PRA LÁ DE MAL
NOS VELHOS TEMPOS DAS GRANDES NAVEGAÇÕES
A PESTE VINHA IMPREGNADA EM SEUS PORÕES
E A TERRA SE AFUNDOU NUM POÇO DE LAMA
A GLOBALIZAÇÃO MICROBIANA (CHEGOU)

NO BALANÇO DO MAR, UM BANDO DE IMUNDOS
VEIO MACULAR O CHÃO DO NOVO MUNDO
EU VIVO A INDAGAR SE O MAIS CIVILIZADO
ERA O PERO PELUDO OU TUPI PELADO
ARDE O RIO! É FEBRE NA CIDADE INTEIRA
A VACINAÇÃO TROUXE A SALVAÇÃO
SALVE A CIÊNCIA BRASILEIRA

O MUNDO TEM QUE CULTUAR O CORPO
E CONSUMIR O QUE É NATURAL
DIZER NÃO AS DROGAS DO MAL

SE LIGA NO MEU CARNAVAL

A LUZ QUE PURIFICA A ALMA
RELUZ E NOS CONDUZ
BUSCAR ALTERNATIVAS PRA CURAR TANTAS FERIDAS
QUE ESSA LOUCA VIDA FAZ
SOMENTE A FORÇA DA FÉ PARA NOS GUIAR
PEDIR AS DEUSAS SERPENTES PARA ABENÇOAR
A NOSSA SAÚDE,

MINHA ESCOLA VEM BRINDAR

SUPERAÇÃO, A BELA VISTA É TRADIÇÃO
TRAZ NO DNA A RAÍZ DO SAMBA PÉ NO CHÃO

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Quando abraçamos a fé.



Fazemos planos, calculamos, programamos, marcamos o mês, data e muitas vezes até horário. E quando colocamos tudo em prática e pensamos que já sabemos todas as respostas, Deus vem e muda todas as perguntas. Pra que? Por quê? ainda não sei. Sei apenas que o planejamento a organização e os calculos só funcionam mesmo nos negócios. Na vida, sei que nada sei.

Cada pensamento,
Cada palavra,
Cada sussurro,
Cada porém de estar aqui agora,
Me faz acreditar,Que vivemos muito além do que pensamos.

Cada amanhecer,
Cada entardecer,
Cada anoitece
Me faz perceber que a vida é muito mais do que somos capazes de imaginar.

Cada lágrima,
Cada dor,
Cada momento,
Me faz entender que por mais que fugimos,O acaso sempre nos encontra,
Pois algumas coisas são certas, e uma delas é de que
Sofrer também faz parte da história de cada um.

Cada vitória,
Cada sorriso,
Cada nova vida,
Me faz amar as melhores coisas que existem, e a superar aquelas que por mais que aparentam invencíveis,acabam por si,
Quando abraçamos a fé.

Mãos Talentosas




http://www.youtube.com/watch?v=RE4ifBerVtk

Trailer do filme Mãos Talentosas

Gênero: Drama
Lançamento: 2009
Formato: Avi
Qualidade: DVDRip
Dual Áudio: Português | Inglês
Legenda: S/L
Tamanho: 700 MB

Sinopse: No filme Mãos Talentosas o jovem Ben Carson não tinha muita chance. Tendo crescido em um lar desfeito e em meio à pobreza e ao preconceito, suas notas eram baixas e seu temperamento inflamado. No entanto, sua mãe nunca perdeu a fé em seu filho. Ela insistiu para que ele seguisse as oportunidades que ela nunca teve, ajudou-o a expandir sua imaginação, sua inteligência e, acima de tudo, sua crença em si mesmo. Essa fé seria seu dom – a essência que o levaria a perseguir seu sonho de tornar-se um dos mais importantes neurocirurgiões do mundo.

Vale apena assistir ... filme maravilhoso

domingo, 18 de setembro de 2011

EXISTEM AMIGOS DE TODO TAMANHO ....



Uns são GRANDES... Outros, nem tanto....Porém, não importa o tamanho, os verdadeiros amigos sempre respeitarão seu modo de ser, mesmo que diferente.... Eles estarão lá quando você precisar de um ombro amigo... Ou de um Grande Abraço.... Um verdadeiro amigo se interessa por você como você realmente é... Eles enxergam além do Preto e Branco para descobrir suas verdadeiras cores.... Mas, às vezes, basta apenas um olhar... Para fazer a sua própria música.... Ir contigo pra qualquer lugar.... Te dar muito amor....

Amigos podem ser amigos para a vida inteira.... Por isso, pratique com eles a paciência e a tolerância.....Porque bons amigos são difíceis de achar, difíceis de deixar... E, SOBRETUDO, IMPOSSÍVEL DE SE ESQUECER!

Você é um talento único



Zacarias e Mussum eram a alma dos programas do quarteto. Com a morte deles, começou a decadência. Hoje, o elemento que restou, pelo que leio pela internet, tem um conceito extremamente negativo de mau-caratismo e arrogância.

Mas cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa.

Nunca me esqueço de quando o Zacarias dos Trapalhões 'se foi'. Ao iniciar o programa seguinte, o Dedé entrou em cena e falou mais ou menos assim:

"Estamos todos muito tristes com a 'partida' de nosso irmão Zacarias... e hoje, para substituí-lo, chamamos:... . Ninguém ... pois nosso Zaca é insubstituível"

Portanto nunca esqueça: Você é um talento único... com toda certeza ninguém te substituirá!

Cada sessenta segundos que você passa mal-humorado, angustiado ou mal, é um minuto de alegria que não voltará.

"No mundo sempre existirão pessoas que vão te amar pelo que você é..., e outras..., que vão te odiar pelo mesmo motivo..., acostume-se a isso..., com muita tranquilidade. .."

Amigo



Amigo é coisa pra se valorizar...

Um filho pergunta à mãe:
- Mãe, posso ir ao hospital ver meu amigo? Ele está doente!

Mão atenciosa responde:
- Claro, mas o que ele tem?

O filho, com a cabeça baixa, diz:
- Tumor no cérebro.

A mãe, furiosa, diz:
-E você quer ir lá para quê? Vê-lo morrer?

O filho lhe dá as costas e vai...
Horas depois ele volta vermelho de tanto chorar, dizendo:
- Ai mãe, foi tão horrível, ele morreu na minha frente!

A mãe, com raiva:
- E agora?! Tá feliz?! Valeu a pena ter visto aquela cena?!

Com uma lágrima a cair, acompanhado de um sorriso, ele diz:
- Muito, pois cheguei a tempo de vê-lo sorrir e dizer:
'- EU TINHA CERTEZA QUE VOCÊ VINHA!'

Reflexão: A amizade não se resume só em horas boas, alegria e festa. Amigo é para todas as horas, boas ou ruins, tristes ou alegres.

CONSERVEM SEUS AMIGOS(a)! PERDOE DE DESAVENÇAS QUANDO HOUVER, SEJA FELIZ AO LADO DELES PORQUE O VALOR QUE ELES TÊM NÃO TEM PREÇO...

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Inverno ( frio )



Frio (ou também briol em Portugal) é uma sensação dos corpos sensientes. Não há algo caracterizado absolutamente como frio, tal como existe uma definição do calor, já que ele depende de cada pessoa. O frio é um processo sensorial.

O frio é variável. É impossível afirmar que certa pessoa sentirá frio a 20°C, por exemplo. Isso depende da pessoa se acostumar à temperatura, o que aumenta a sua tolerância ao frio.
As temperaturas baixas podem fazer com que as pessoas tenham a temperatura do corpo reduzida, se não se agasalham devidamente. Isso pode até causar a morte por hipotermia.

Explicação Física: O calor é o processo de troca de energia entre corpos, devido à diferença de temperatura. Quando um ser vivo sensiente perde calor, este sente frio.

O conforto térmico é definido como uma condição mental que expressa satisfação com o ambiente térmico circunjacente. Ter conforto térmico significa que uma pessoa usando uma quantidade normal de roupas não sente nem frio nem calor demais

A sensação térmica (ou a temperatura aparente) é uma indicação da percepção da temperatura do ar, que pode diferir da temperatura real devido a fatores climáticos que afetam a transferência de calor entre o corpo e o ar, como a humidade, densidade e a velocidade do vento a 1,5m de altura a partir do solo, considerado a altura média de um rosto humano

Depressão




Depressão é uma palavra freqüentemente usada para descrever nossos sentimentos. Todos se sentem "para baixo" de vez em quando, ou de alto astral às vezes e tais sentimentos são normais. A depressão, enquanto evento psiquiátrico é algo bastante diferente: é uma doença como outra qualquer que exige tratamento. Muitas pessoas pensam estar ajudando um amigo deprimido ao incentivarem ou mesmo cobrarem tentativas de reagir, distrair-se, de se divertir para superar os sentimentos negativos. Os amigos que agem dessa forma fazem mais mal do que bem, são incompreensivos e talvez até egoístas. O amigo que realmente quer ajudar procura ouvir quem se sente deprimido e no máximo aconselhar ou procurar um profissional quando percebe que o amigo deprimido não está só triste. Ninguém sabe o que um deprimido sente, só ele mesmo e talvez quem tenha passado por isso. Nem o psiquiatra sabe: ele reconhece os sintomas e sabe tratar, mas isso não faz com que ele conheça os sentimentos e o sofrimento do seu paciente.

Como é?
Os sintomas da depressão são muito variados, indo desde as sensações de tristeza, passando pelos pensamentos negativos até as alterações da sensação corporal como dores e enjôos. Contudo para se fazer o diagnóstico é necessário um grupo de sintomas centrais:

Perda de energia ou interesse
Humor deprimido
Dificuldade de concentração
Alterações do apetite e do sono
Lentificação das atividades físicas e mentais
Sentimento de pesar ou fracasso

Os sintomas corporais mais comuns são sensação de desconforto no batimento cardíaco, constipação, dores de cabeça, dificuldades digestivas. Períodos de melhoria e piora são comuns, o que cria a falsa impressão de que se está melhorando sozinho quando durante alguns dias o paciente sente-se bem. Geralmente tudo se passa gradualmente, não necessariamente com todos os sintomas simultâneos, aliás, é difícil ver todos os sintomas juntos. Até que se faça o diagnóstico praticamente todas as pessoas possuem explicações para o que está acontecendo com elas, julgando sempre ser um problema passageiro.

Outros sintomas que podem vir associados aos sintomas centrais são:

Pessimismo
Dificuldade de tomar decisões
Dificuldade para começar a fazer suas tarefas
Irritabilidade ou impaciência
Inquietação
Achar que não vale a pena viver; desejo de morrer
Chorar à-toa
Dificuldade para chorar
Sensação de que nunca vai melhorar, desesperança...
Dificuldade de terminar as coisas que começou
Sentimento de pena de si mesmo
Persistência de pensamentos negativos
Queixas freqüentes
Sentimentos de culpa injustificáveis
Boca ressecada, constipação, perda de peso e apetite, insônia, perda do desejo sexual

A identificação da depressão
Para afirmarmos que o paciente está deprimido temos que afirmar que ele sente-se triste a maior parte do dia quase todos os dias, não tem tanto prazer ou interesse pelas atividades que apreciava, não consegue ficar parado e pelo contrário movimenta-se mais lentamente que o habitual. Passa a ter sentimentos inapropriados de desesperança desprezando-se como pessoa e até mesmo se culpando pela doença ou pelo problema dos outros, sentindo-se um peso morto na família. Com isso, apesar de ser uma doença potencialmente fatal, surgem pensamentos de suicídio. Esse quadro deve durar pelo menos duas semanas para que possamos dizer que o paciente está deprimido.

Causa da Depressão
A causa exata da depressão permanece desconhecida. A explicação mais provavelmente correta é o desequilíbrio bioquímico dos neurônios responsáveis pelo controle do estado de humor. Esta afirmação baseia-se na comprovada eficácia dos antidepressivos. O fato de ser um desequilíbrio bioquímico não exclui tratamentos não farmacológicos. O uso continuado da palavra pode levar a pessoa a obter uma compensação bioquímica. Apesar disso nunca ter sido provado, o contrário também nunca foi.
Eventos desencadeantes são muito estudados e de fato encontra-se relação entre certos acontecimentos estressantes na vida das pessoas e o início de um episódio depressivo. Contudo tais eventos não podem ser responsabilizados pela manutenção da depressão. Na prática a maioria das pessoas que sofre um revés se recupera com o tempo. Se os reveses da vida causassem depressão todas as pessoas a eles submetidos estariam deprimidas e não é isto o que se observa. Os eventos estressantes provavelmente disparam a depressão nas pessoas predispostas, vulneráveis. Exemplos de eventos estressantes são perda de pessoa querida, perda de emprego, mudança de habitação contra vontade, doença grave, pequenas contrariedades não são consideradas como eventos fortes o suficiente para desencadear depressão. O que torna as pessoas vulneráveis ainda é objeto de estudos. A influência genética como em toda medicina é muito estudada. Trabalhos recentes mostram que mais do que a influência genética, o ambiente durante a infância pode predispor mais as pessoas. O fator genético é fundamental uma vez que os gêmeos idênticos ficam mais deprimidos do que os gêmeos não idênticos.

Diferentes tipo de depressão
Basicamente existem as depressões monopolares (este não é um termo usado oficialmente) e a depressão bipolar (este termo é oficial). O transtorno afetivo bipolar se caracteriza pela alternância de fases deprimidas com maníacas, de exaltação, alegria ou irritação do humor. A depressão monopolar só tem fases depressivas.

Depressão e doenças cardíacas
Os sintomas depressivos apesar de muito comuns são pouco detectados nos pacientes de atendimento em outras especialidades, o que permite o desenvolvimento e prolongamento desse problema comprometendo a qualidade de vida do indivíduo e sua recuperação. Anteriormente estudos associaram o fumo, a vida sedentária, obesidade, ao maior risco de doença cardíaca. Agora, pelas mesmas técnicas, associa-se sintoma depressivo com maior risco de desenvolver doenças cardíacas. A doença cardíaca mais envolvida com os sintomas depressivos é o infarto do miocárdio. Também não se pode concluir apressadamente que depressão provoca infarto, não é assim. Nem todo obeso, fumante ou sedentário enfarta. Essas pessoas enfartam mais que as pessoas fora desse grupo, mas a incidência não é de 100%. Da mesma forma, a depressão aumenta o risco de infarto, mas numa parte dos pacientes. Está sendo investigado.

Depressão no paciente com câncer
A depressão costuma atingir 15 a 25% dos pacientes com câncer. As pessoas e os familiares que encaram um diagnóstico de câncer experimentarão uma variedade de emoções, estresses e aborrecimentos. O medo da morte, a interrupção dos planos de vida, perda da auto-estima e mudanças da imagem corporal, mudanças no estilo social e financeiro são questões fortes o bastante para justificarem desânimo e tristeza. O limite a partir de qual se deve usar antidepressivos não é claro, dependerá da experiência de cada psiquiatra. A princípio sempre que o paciente apresente um conjunto de sintomas depressivos semelhante ao conjunto de sintomas que os pacientes deprimidos sem câncer apresentam, deverá ser o ponto a partir do qual se deve entrar com medicações.
Existem alguns mitos sobre o câncer e as pessoas que padecem dele, tais como"os portadores de câncer são deprimidos". A depressão em quem tem câncer é normal, o tratamento da depressão no paciente com câncer é ineficaz. A tristeza e o pesar são sentimentos normais para uma pessoa que teve conhecimento da doença. Questões como a resposta ao tratamento, o tempo de sobrevida e o índice de cura entre pacientes com câncer com ou sem depressão estão sendo mais enfocadas do que a investigação das melhores técnicas para tratamento da depressão.
Normalmente a pessoa que fica sabendo que está com câncer torna-se durante um curto espaço de tempo descrente, desesperada ou nega a doença. Esta é uma resposta normal no espectro de emoções dessa fase, o que não significa que sejam emoções insuperáveis. No decorrer do tempo o humor depressivo toma o lugar das emoções iniciais. Agora o paciente pode ter dificuldade para dormir e perda de apetite. Nessa fase o paciente fica ansioso, não consegue parar de pensar no seu novo problema e teme pelo futuro. As estatísticas mostram que aproximadamente metade das pessoas conseguirá se adaptar a essa situação tão adversa. Com isso estas pessoas aceitam o tratamento e o novo estilo de vida imposto não fica tão pesado.

sábado, 23 de julho de 2011

AMA x UBS e Pronto Socorro





Entenda a diferença entre AMA, pronto-socorro e UBS

O termo AMA (Assistência Médica Ambulatorial) foi criado na gestão do prefeito José Serra (PSDB) para designar ambulatórios de pronto-atendimento. Trata-se de uma espécie de pronto-socorro destinado a resolver apenas ocorrências de baixa complexidade, que não envolvam risco de morte ou de lesão irreversível no paciente.

Todo e qualquer mal-estar repentino, como uma dor de cabeça, uma febre ou uma crise de hipertensão podem ser tratados no AMA. A diferença desse serviço para o de uma unidade básica de saúde (UBS) é que o paciente não precisa agendar consulta com antecedência.

A idéia dos laboratórios de pronto-atendimento é impedir que pessoas com doenças sem gravidade engrossem as filas dos pronto-socorros e hospitais públicos. Um paciente com sintomas de gripe, por exemplo, pode ser atendido, medicado e voltar para casa em poucas horas.

Em cada AMA há uma equipe composta por três clínicos-gerais, dois pediatras e três enfermeiros. Além das consultas propriamente ditas, cada unidade realiza procedimentos como suturas, curativos, injeção e inalação.

A idéia é que cada paciente seja medicado na hora e passe no máximo 2 horas em observação. "Se o problema for tão grave que exija maior tempo de internação, o paciente é removido para um hospital. A AMA é para tratamentos menos complexos", diz Cilene Trajano, da AMA Dr. Flávio Gianotti.

Na maior parte das AMAs há aparelhos de raio-X, mas não há ortopedistas e nem sala de gesso. Por isso, se o paciente tiver suspeita de fratura, é encaminhado para um pronto-socorro.

Além do raio-X, o único tipo de exame disponível nas AMAs são os que indicam taxas de substâncias como glicose, uréia, sódio, potássio, etc. Uma vez colhida a amostra de sangue, esta é encaminhada para um laboratório terceirizado e o resultado chega à AMA por fax cerca de duas horas depois.

De acordo com especialistas ouvidos por UOL, as AMAs são aptas a tratar pacientes com mal-estar temporário, de baixa complexidade. Já os pacientes com doenças crônicas devem procurar as unidades básicas de saúde, onde especialistas poderão acompanhar a evolução da doença, receitar medicação e sugerir medidas de prevenção.

No município de São Paulo, as unidades básicas de saúde são o serviço mais capacitado a tratar de doentes crônicos como cardíacos e diabéticos. Além disso, realizam atendimentos típicos de medicina preventiva, como vacinação, pré-natal, orientação nutricional e psicológica

Rinite X Sinusite





Reconheça as diferenças entre os sintomas da rinite e da sinusite. Muitas vezes confundidas, essas doenças precisam de cuidados específicos

Não há otorrinolaringologista que não escute pelo menos uma vez por dia essa frase: “Eu tenho rinite e também sinusite”. As duas “ites” vêm sempre juntas na cabeça do paciente (sem trocadilhos), como dois problemas em um só. Já que a diferença entre as duas é nebulosa para a maior parte do público, as pessoas preferem declarar que sofrem de ambas, por via das dúvidas.

A rinite é uma inflamação das mucosas do nariz, mas nem todos sofrem isso pela mesma razão depende muito da sensibilidade do nariz de cada pessoa, sendo que acontece quando o órgão se defende de agentes irritantes que estão no ar. O nariz entupido, coriza, espirros, coceira no nariz, nos olhos, nas orelhas e na garganta são os sintomas que apresentam, na qual a rinite pode ser alérgica quanto provocada por outras causas como o aumento drástico da poluição pode causar a rinite como também o uso de remédios que desentopem o nariz, tome muito cuidado.

A sinusite trata-se da inflamação nas cavidades ao redor do nariz sendo uma infecção causada por bactérias, os sintomas são a obstrução nasal, secreção que pode haver variações mudando de cor, espirros,, muita pressão na face, dor de cabeça e cansaço. É provocada principalmente por vírus e bactéria que tem origem em uma infecção gripal. Deve-se consultar a um medico assim que os sintomas aparecerem, apenas especialista pode estar indicando o remédio adequado.

Uma rinite mal cuidada pode virar sinusite, o nariz é a porta para agentes irritantes que estão no ar, quando tenta entrar provoca uma reação que resulta em nariz entupido, provocando espirros para eliminá-lo. É muito importante cuidar-se com o tempo seco, pois dificulta a formação do muco que barra a entrada de vírus e bactérias, para amenizar os sintomas deixe a casa limpa, come bem e limpe o nariz com soro fisiológico.

Hipertensão Arterial x Sal (sódio)



Uma inimiga silenciosa.

A Organização Mundial de Saúde apontou a Hipertensão Arterial como uma das dez principais causas de morte no mundo. Além disso, é um fator agravante para as doenças cardiovasculares – a número um em causa de mortes no planeta. Um levantamento anual do Ministério da Saúde confirmou que 24,4% dos brasileiros estão hipertensos. E, em Vitória, são 23,3% dos habitantes.

A hipertensão arterial é uma inimiga silenciosa da saúde porque não tem sintomas. É resultado de má alimentação, sedentarismo, fatores genéticos, álcool, estresse, diabetes, obesidade e outros determinantes.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, quem é hipertenso e não faz o controle adequado pode ter uma redução na expectativa de vida de até 16 anos e seis meses. Ter a pressão alta aumenta as chances de ocorrência de infarto do coração, acidente vascular cerebral (AVC), insuficiência cardíaca e renal, impotência sexual, além de outras complicações que afetam a qualidade de vida.

Estresse

O estresse permanente gera diversos prejuízos à saúde. Entre eles, a hipertensão e, em última instância, o infarto do miocárdio. Durante o estresse, os vasos sanguíneos se estreitam, a irrigação dos músculos se intensifica e aumenta o ritmo cardíaco.

Cafeína

O consumo excessivo de café, chocolate e refrigerantes de cola pode acarretar problemas cardíacos. A cafeína causa um aumento temporário na pressão e pode também provocar arritmias cardíacas em pessoas suscetíveis.

Álcool

Estudos estimam que a bebida alcoólica seja responsável por 5 a 30% dos casos. O álcool provoca alterações na pressão e, mesmo em doses baixas, durante cinco dias, pode resultar num aumento significativo da pressão, especialmente em indivíduos propensos.

Atividade Física

Estudos comprovaram que uma hora de caminhada é capaz de reduzir a pressão arterial e essa queda se mantém por mais de 24 horas. Vale lembrar que a atividade física tem que ser duradoura e sob orientação de um educador físico.

Sódio X Potássio

Diminuir o consumo de sal é regra básica para controlar a pressão. Um adulto saudável deve ingerir, no máximo, 6 gramas (1 colher de chá) de sal por dia. Mas o brasileiro consome nada menos que 12 gramas.

O vilão da história é o sódio que, em excesso, provoca retenção de água no organismo e aumenta o volume de sangue. Já o mocinho potássio mantém os impulsos musculares em ordem, garante o bom funcionamento do coração, melhora a elasticidade dos vasos e, com isso, ajuda no controle da pressão. Para aproveitar os benefícios do potássio, coloque 4,7 gramas do mineral no prato diariamente.

Como Reduzir o Sal?

Experimente colocar menos quando preparar a comida, manter o saleiro longe da mesa, diminuir o consumo de enlatados, embutidos, defumados. E observar o teor de sódio que está no rótulo das embalagens.

Para compensar a falta do sal, aposte em ervas e condimentos como açafrão, cominho, manjericão, alecrim, orégano e salsinha. Faça um mix e coloque no saleiro. Eles darão um sabor especial. Outra opção é o sal light, que tem 50% de sódio a menos e 60% de potássio a mais em relação ao comum.

Atenção. Eliminar o sódio totalmente da dieta não é aconselhável. O que vale é o equilíbrio entre os minerais.

Tenha um estilo de vida saudável, com atividade física regular, manutenção do peso, alimentação equilibrada e acompanhamento médico para o controle da pressão. E, além de tudo, seja feliz.

O dia nacional do combate a Hipertensão Arterial já passou (26 de abril). Mas a vitória deve permanecer por todos os dias de sua vida.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Se Delicie com Moderação - Feliz Páscoa




Conheça os benefícios e malefícios do chocolate

Ele está por a toda parte. Na Páscoa, fileiras de ovos de chocolate se multiplicam nos supermercados e nas doçarias, exigindo muita força de vontade de quem não pode ou não quer sucumbir à tentação.

Altamente calórico, o chocolate é o vilão das dietas, mas pode ser consumido com moderação por pessoas saudáveis. Nutritivo, contém vitaminas e sais minerais, além de alto teor de flavonóides --antioxidantes que podem ajudar a reduzir os riscos de doenças cardiovasculares-- e de substâncias precursoras da serotonina --responsável pela sensação de prazer e bem-estar.

Para esclarecer as principais dúvidas e curiosidades a respeito dessa iguaria, ouvimos 17 profissionais da indústria de chocolate e das áreas de dermatologia, endocrinologia, nutrição, otorrinolaringologia, pediatria e psiquiatria.

1. Chocolate faz bem para a saúde?
Alguns estudos, não conclusivos, dizem que os antioxidantes presentes no chocolate amargo combatem os radicais livres, retardando, assim, o envelhecimento, e ajudam a diminuir os níveis de LDL (o mau colesterol) no sangue. Ele contém vitaminas --A, B, C, D e E-- e sais minerais, como o ferro e o fósforo. De qualquer modo, por ser altamente calórico, deve ser consumido com moderação inclusive por pessoas saudáveis. O chocolate ao leite e o branco são os menos recomendados, devido às gorduras saturadas presentes no leite.

2. Qual é a quantidade recomendada por dia?
A Organização Mundial de Saúde não recomenda o consumo de nenhum tipo de doce. Para quem não resiste, o importante é não ultrapassar o limite diário de até 50 gramas, em função dos altos teores de açúcar e gordura.

3. Qual é o mais e o menos calórico?
O chocolate amargo e o ao leite têm praticamente as mesmas calorias.

4. O "diet" engorda? E o "light"?
Como não tem açúcar na composição, o teor de gordura do "diet" precisa ser maior, para garantir a mesma consistência. Em alguns casos, ele chega a ser mais calórico que o chocolate comum, por isso é indicado apenas para diabéticos, não para pessoas com restrição calórica. Já os "light" têm menos gordura e, por isso, menos calorias.

5. Quem não deve comer chocolate de jeito nenhum?

Pessoas sensíveis podem ter enxaqueca provocada por alergias ou devido à ação de substâncias vasodilatadoras presentes no chocolate, além de irritações na pele, no estômago e na mucosa intestinal. A tosse pode ocorrer como manifestação alérgica, embora não seja comum. A diarréia pode ser causada pelo consumo excessivo, devido ao alto teor de gordura, razão pela qual pessoas com problemas no fígado devem evitá-lo. Estima-se também que de 10% a 15% das pessoas com doenças labirínticas tenham problemas com o metabolismo de açúcar.

6. E as crianças? A partir de que idade o consumo de chocolate é liberado?
Ele deve ser desestimulado em qualquer idade, devido ao alto teor de açúcar e gordura. Quanto mais cedo a criança começar a comer chocolate, pior. No primeiro ano de vida, as chances de intolerância à lactose (açúcar encontrado no leite animal) são maiores.

7. Qual o é o efeito dele na pele? Dá espinha? E dos cosméticos à base de chocolate?

Nenhum estudo científico comprova a relação entre o consumo de chocolate e o surgimento de espinhas. Alguns dermatologistas, no entanto, afirmam que pacientes com propensão à acne relatam piora após a ingestão exagerada de chocolate. Já os efeitos de cosméticos e tratamentos para a pele à base de chocolate, disponíveis desde a Antigüidade, são duvidosos. O óleo do cacau hidrata a pele apenas superficialmente, podendo ser usado em peles ressecadas ou envelhecidas, embora existam produtos mais eficazes.

8. Chocolate pode causar dependência?
Sim. Ele contém três substâncias que podem provocá-la: a teobromina, a cafeína e a feniletiamina. Para ser caracterizada como dependente, a pessoa precisa consumir chocolate para se sentir bem ou ter sintomas depressivos quando fica muito tempo sem comê-lo. Geralmente, o problema afeta os indivíduos angustiados e os ansiosos.

9. Como são os chocolates especiais para pessoas alérgicas à lactose e ao glúten?
A maioria dos produtos voltados a pessoas com intolerância à lactose utiliza o leite de soja no lugar do leite de origem animal. Como alternativa, existe o chocolate amargo, que não leva leite na sua composição. Já as pessoas com intolerância ao glúten devem consultar as informações no rótulo do produto para se certificar que o recheio ou os outros ingredientes são livres da substância. Chocolate puro não contém glúten.

10. Por que, ao comê-lo, sentimos melhora de humor e alívio no estresse?
Porque ele contém substâncias que estimulam a produção de serotonina, um neurotransmissor que ajuda a combater a depressão e a ansiedade, além de estimular os centros de prazer e de bem-estar.

11. Chocolate é afrodisíaco?
Dessa crença popular, difundida há séculos, o que se sabe é que ele estabiliza neurotransmissores relacionados a sensações prazerosas, como a dopamina e a serotonina, e favorece a liberação de endorfinas e encefalinas que produzem o prazer.

12. Se a pessoa concentrar o consumo do ano todo na Páscoa, pode ter uma intoxicação?

Ela só vai ocorrer se o chocolate estiver contaminado por alguma toxina. Mas o consumo exagerado pode provocar diarréia.

13. Qual é o prazo de validade de um chocolate? Ele dá algum sinal de que está impróprio para o consumo?
Em seis meses, ele começa a perder o sabor e o aroma, mas pode durar até um ano. Quando é submetido ao calor excessivo, a sua gordura sobe à superfície: o chocolate fica manchado, mas não significa que está estragado.

14. Por que se diz que os chocolates belgas, franceses, suíços e venezuelanos são tão superiores aos brasileiros?
Países europeus, como Bélgica e Suíça, não plantam o cacau que utilizam. Sua fama de fazer bons chocolates decorre dos grãos utilizados, da tecnologia empregada e da tradição --os suíços foram os primeiros a fabricar chocolates ao leite, e os belgas lideram o mercado de produtos voltados a profissionais. Na Venezuela, o grão de cacau é superior ao brasileiro, considerado ácido por alguns.

15. Assim como ocorre com o café e o vinho, as características do chocolate podem variar de acordo com o tipo de solo e de clima?
Sim. A quantidade de calor, de umidade, o tipo de solo e a variedade do grão interferem na qualidade do cacau. Assim como acontece com as uvas, uma pequena variação ou um declive do solo pode alterar o aroma, a textura e o sabor do fruto que dará origem ao chocolate. Quando ele é produzido com grãos de uma região específica, é chamado de chocolate de origem. Os grãos cultivados na América costumam ter um sabor mais marcante de frutas, ervas e flores, dependendo da região.

16. Os chocolates com mais cacau são os melhores?

O conceito é relativo, já que depende do gosto pessoal. Mas, quanto maior a quantidade de cacau, menor a de outros ingredientes que mascaram o seu sabor. Para um chocolate derreter facilmente na boca, a quantidade de manteiga de cacau é determinante, porque seu ponto de fusão é a temperatura do corpo humano: quando entra em contato com o calor da boca, o chocolate derrete.

17. Por que se presenteia na Páscoa com ovos de chocolate?

O costume começou há cerca de 3.000 anos com os chineses, que comemoravam o início da primavera no Hemisfério Norte, oferecendo ovos de pata e galinha pintados em cores fortes. O ritual pagão celebrava a volta à vida, após um inverno rigoroso e os longos meses em que a natureza permanecia coberta de neve. A data coincide com a Páscoa cristã, que marca a ressurreição de Cristo. Com o tempo, o costume se espalhou pelo mundo, e outros materiais substituíram o ovo animal, como a madeira e as pedras. Em meados de 1828, o desenvolvimento da indústria de chocolates na Inglaterra consolidou o produto como matéria-prima nesta época. No Oriente, no entanto, os ovos de chocolate ainda não foram totalmente incorporados à cultura.

Conjuntivite - Prevenção e Orientação




Saiba prevenir a conjuntivite

Você está sentindo uma coceira constante nos olhos, como se houvesse um grão de areia que insistisse em não sair dali? Cuidado: você pode estar com conjuntivite. O oftalmologista Idivaldo Vilas Boas comenta as maneiras de se evitar a forma viral da doença, que está espalhando-se rapidamente por vários estados do país.

Desde o final de fevereiro, um surto de conjuntivite viral tem atingido alguns estados do Brasil. O Centro Nacional de Epidemiologia (Cenepi) da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) foi notificado pelas Secretarias Estaduais de Saúde de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul sobre a ocorrência de aproximadamente 107 mil casos de conjuntivite nesses estados até o momento. Há 19 anos o Brasil não vivia uma epidemia tão grande de conjuntivite infecciosa como a que se vê atualmente.

Segundo as informações recebidas pelo Cenepi, Santa Catarina é o estado que apresenta o maior número de casos, com 47 mil registros, principalmente na região litorânea. Em seguida, vêm São Paulo, com 20 mil casos; Mato Grosso do Sul, com 16 mil; Paraná, com 15 mil; Rio Grande do Sul, com 7 mil; e Ceará, com 672 casos. Estima-se que só na cidade de Paranaguá (litoral paranaense), 30% da população esteja contaminada. Segundo a Funasa, os serviços de saúde dos estados estão em alerta por causa da rápida disseminação.

Vírus identificado

O Instituto Adolfo Lutz, da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, já anunciou a identificação do vírus responsável pelos surtos de conjuntivite que ocorrem no sul e sudeste do país. Trata-se do enterovírus 70, que já esteve associado a surtos em anos anteriores.

De acordo com o Cenepi, é comum a ocorrência de surtos de conjuntivites virais nesta época do ano. A aglomeração de pessoas nos grandes centros urbanos e o intenso trânsito delas entre as capitais podem ser considerados prováveis causas da rápida disseminação da doença. A epidemia de conjuntivite no Brasil deve avançar por, pelo menos, mais um mês, segundo estimativas de especialistas.

Para falar dos sintomas, prevenção e tratamento dessa doença, o portal entrevistou o oftalmologista Idivaldo Vilas Boas, que avisou: na ocorrência de sinais e sintomas de conjuntivite, deve-se evitar a automedicação e procurar ajuda médica!

O que é a conjuntivite e quais são suas variações?

A conjuntivite é uma inflamação ocular que envolve uma ou mais camadas da conjuntiva, um tecido do olho. Geralmente, é causada por uma bactéria ou vírus, mas também pode ser alérgica ou tóxica. A doença que está em surto, pelas características clínicas e epidemiológicas verificadas, é de origem viral.

A conjuntivite é grave?

O quadro clínico varia de leve a moderado e, nos casos mais severos, pode ocorrer hemorragia conjuntival, dor ocular e edema palpebral. Mas não há motivo para alarde, pois a conjuntivite é uma doença benigna.

Quais são os sintomas?

O paciente sente irritação nos olhos, tendo a sensação de que há areia neles, e dor ocular. Nos primeiros quatro a sete dias, os sintomas são mais acentuados, e eles podem persistir por até duas semanas.

Como ocorre a contaminação?

Por se tratar de um vírus, esse tipo de conjuntivite é transmitida pelo contato físico com a pessoa doente que coçou os olhos com os dedos. Pode se dar pelo aperto de mão e pelo uso de toalhas e piscinas contaminadas. As pessoas com esse tipo de doença podem contaminar outras por até 15 dias desde o início dos sintomas.

Qualquer um pode contrair conjuntivite se tocar em objetos contaminados e levar os dedos aos olhos.

Como se trata a conjuntivite viral?

Não existe remédio para essa doença, mas utilizam-se colírios para aliviar os sintomas e compressas de água fria nas vistas para diminuir a dor. Os usuários de lentes de contato que perceberem esses sintomas devem suspender o uso das lentes. No entanto, as pessoas devem lembrar que a recomendação é procurar sempre um posto de saúde ou o atendimento de um oftalmologista para fazer o tratamento adequado.

E como se faz a prevenção da doença?

O segredo é manter uma boa higiene. Deve-se lavar as mãos com freqüência, usar lenços de papel, evitar coçar os olhos, não compartilhar maquiagem para os olhos, soluções oftálmicas e outros medicamentos com conta-gotas, trocar freqüentemente as fronhas dos travesseiros e evitar locais aglomerados quando se tem notícia da ocorrência de sinais e sintomas de conjuntivite.